História

FILME MOSTRA HISTÓRIA DO BUDISMO NO JAPÃO

O nome do animê em japonês é Por que Vivemos: Mestre Rennyo e o Incêndio em Yoshizaki. Para a versão em português, foi mantido somente o título principal: Por que Vivemos. Entender o título em japonês é uma lição de história e cultura japonesa.
O filme foi inspirado em fatos que aconteceram há mais de 500 anos. Naquela época, o Japão vivia um período conturbado, com disputas de poder entre os clãs mais poderosos. O pano de fundo do animê mostra ainda a perseguição religiosa sofrida por mestre Rennyo, fato ainda pouco conhecido no Ocidente. É um animê budista que revela a trajetória do monge que popularizou o budismo da Escola da Verdadeira Terra Pura (Jodo Shinshu), que hoje reúne o maior número de adeptos no Japão.

 

Rennyo Shonin

O mestre Rennyo Shonin (1415-1499) foi o responsável pela popularização do budismo japonês. Seus ensinamentos eram transmitidos de forma bastante clara e precisa, o que facilitou o entendimento, principalmente por parte da massa de camponeses que não sabia ler e escrever.
Com o crescimento de sua influência, mestre Rennyo foi perseguido por outras seitas religiosas, como os monges guerreiros do Monte Hiei, um centro budista da época, em Kyoto, capital do Japão por mais de mil anos.

Em 1465, os monges guerreiros invadiram e destruíram o templo Honganji. A perseguição religiosa e política continuou, obrigando o mestre Rennyo a se esconder debaixo de pontes e até em cavernas.
Mesmo assim, Rennyo Shonin continuou oferecendo seus ensinamentos. Em 1471, estabeleceu-se em Yoshizaki, na atual província de Fukui, onde construiu um complexo de templos. Sua reputação se espalhou e passou a atrair milhares de seguidores. O templo em Yoshizaki, no entanto, foi destruído, em um incêndio criminoso.

 

Shinran Shonin

Mestre Rennyo Shonin foi discípulo de Shinran Shonin (1173-1262), considerado uma das figuras históricas mais importantes do Japão. Shinran foi o fundador da Escola da Verdadeira Terra Pura (Jodo Shinshu), a linha do budismo que reúne o maior número de adeptos no Japão nos dias atuais. Shinran escreveu Kyogyoshinsho (Ensinamento, Prática, Fé e Iluminação), um clássico da literatura budista que ajudou a esclarecer os ensinamentos do Buda Sakyamuni. O principal ensinamento da Escola da Verdadeira Terra Pura é que a felicidade duradoura pode ser alcançada nesta vida. O caminho é o Voto da Grande Compaixão do Buda Amida.

 

Incêndio do templo em Yoshizaki

Com a ajuda dos discípulos, mestre Rennyo construiu um complexo de templos em Yoshizaki, na distante província de Fukui, em 1465. Aos poucos uma movimentada cidade começou a se formar ao redor do templo, que passou a atrair cada vez mais gente de todos os cantos do arquipélago japonês. Integrantes de outras seitas que não concordavam com seus ensinamentos e perdiam adeptos incendiaram o templo, em 1474. Apesar da destruição, os textos sagrados foram salvos por seus discípulos. Hoje o lugar é um ponto turístico para quem quer conhecer a história do budismo no Japão.